Como levar as crianças a comer ervilhas

Quando se trata de tentar fazer com que os seus filhos comam ervilhas pela primeira vez, não existe um método único. A parte mais importante de incentivar novos vegetais no prato é persistir e não desistir! Testar e errar fazem parte de ajudar seu filho a experimentar novos sabores e texturas, enquanto aprende sobre os benefícios das ervilhas e outros alimentos nutritivos para a saúde.

1. Introduza os novos alimentos lentamente

Variar é a chave para uma dieta saudável e equilibrada, mas a fruta e os legumes (assim como a maioria dos alimentos) são um novo conceito para bebés e crianças. Se deseja introduzir ervilhas na alimentação deles deve começar com calma, para que eles se habituem ao sabor e textura.

A questão não é apenas a frequência com que deve tentar fazer com que os seus filhos comam ervilhas, mas também a quantidade. Comece com uma pequena quantidade, como metade de uma ervilha. Então, ao longo do tempo, introduza gradualmente algumas ervilhas inteiras na refeição, para que o seu filho se habitue a vê-las no prato e comece a comer mais.

2. Seja paciente

Evite comentar o quê, ou o quanto seu filho está a comer, mesmo que seja difícil. Quanto mais insiste para ele comer ervilhas, mais provável é que ele resista. Incentive o bom comportamento e lembre-se de que levará tempo para que o seu filho se habitue a comer ervilhas e vegetais até então desconhecidos. Uma pequena quantidade pode ser um progresso, não o force a terminar o prato.

3. Faça receitas novas e deliciosas

A apresentação da comida tem um papel fundamental na nossa vontade de comer ou não, por isso não é surpreendente se o seu filho torcer o nariz num prato com um monte de vegetais encharcados. Crie novas receitas com cores vibrantes, incluindo uma combinação de vegetais brilhantes para incentivar os seus filhos a comê-los.

Na Iglo temos uma variedade de deliciosas receitas com ervilhas e estamos certos de que o seu filho as vai achar tão saborosas como nós. Desde puré de ervilhas caseiro até a um simples tagliatelle de ervilhas e rúcula, há pratos coloridos para toda a família desfrutar. 

4. Faça refeições divertidas!

Se está a lutar para que o seu filho coma ervilhas, tente fazer com que as horas de refeição sejam divertidas para que ele goste de se sentar à mesa consigo.

Independentemente do que possam jogar, corte os alimentos de uma forma elegante ou faça padrões com as ervilhas no prato. Tornar as refeições mais divertidas irá ajudar a encorajar o seu filho a associar a comida (e os vegetais em particular) a uma experiência agradável.

5. Cozinhe de forma inteligente

Se o seu filho se continua a recusar a comer as ervilhas, é hora cozinhar de forma inteligente.

Inclua uma porção de ervilhas no prato de massa favorito, ou disfarce-as num salgado delicioso ao lanche para garantir que ele recebe a sua porção de ervilhas, mesmo sem saber!

 

Bruschetta de Puré de Ervilha com Menta e Ovo cozido

6. Sirva como complemento

Outra boa maneira de colocar as crianças a comer ervilhas é servi-las como complemento ao prato principal. A bruschetta de puré de ervilha com ovo cozido, por exemplo, é uma ótima forma de colocar as crianças a comer ervilhas sem que estas se tornem a grande atração do prato.

 Molhos e pastas com menos sal e açúcar são uma boa maneira de os incentivar a experimentar novos alimentos. já que se eles sentirem que podem ou não provar, terão uma maior probabilidade de experimentar.

7. Cozinhem juntos

Cozinharem juntos não é apenas uma ótima maneira de promover a cumplicidade, mas irá também ajudar o seu filho a sentir-se melhor a comer os verdes, especialmente se for ele a cozinhá-los.

Deixar seu filho sujar as mãos na cozinha irá ajudá-lo a olhar de forma diferente para os alimentos que estão a confecionar e vão comer. A Iglo tem algumas receitas fáceis que podem ajudar! Experimente a nossa empada de frango e ervilhas para manter seu filho confiante na cozinha, temos a certeza de que ele passará a gostar de ervilhas num instante.

Sumo detox

8. Sopas, smoothies, pastas e molhos

As opções de refeições são infinitas quando se trata de fazer com que o seu filho coma ervilhas, mas se ele não está a gostar de uma pequena porção na refeição, é hora de se tornar criativa.

Pode esmagar ou fazer mesmo puré de ervilhas para encorajar o seu filho a começar a comê-las, o que é também uma ótima forma de o fazer experimentar diferentes texturas! As ervilhas em pasta são uma alternativa para a manteiga no pão, ou até hummus de ervilhas para acompanhamento, fazem parte de algumas ideias que pode tentar.

Bolo de Ervilha com creme de coco e chantilly de coco

9. Não espere pelo jantar

As ervilhas são ótimas a qualquer hora do dia, por isso, não sinta que tem que tentar fazer com que o seu pequeno as coma apenas na hora da refeição. Servir ervilhas em lanches, ao longo do dia, é uma excelente maneira de fazer com que o seu filho se habitue ao delicioso sabor e cor vibrante, para que da próxima vez que as veja no prato, ao jantar, elas não ficam de lado.

O nosso hummus de ervilhas resulta num almoço delicioso e nutritivo, enquanto o nosso bolo de ervilha com caramelo de coco pode ser desfrutado por todos a qualquer altura do dia.

10. Seja o exemplo

Coma ervilhas! As crianças são mais propensas a experimentar outros alimentos se virem os pais a comê-los, como eles copiam os comportamentos, aprendem e adquirem também hábitos alimentares. Tenha atenção às mensagens que envia através do que come, para que os seus filhos saibam que as ervilhas devem ser apreciadas como parte integrante da alimentação saudável.

Ajude os seus filhos a compreender a importância de comer vegetais e os benefícios das ervilhas, em particular sobre a forma como elas são embaladas com vitaminas, minerais e nutrientes, incluindo vitamina C, ácido fólico, vitamina B1, ferro e zinco. As ervilhas têm poucos açúcares e muitas fibras, por isso, adicionar ervilhas à sua refeição proporcionará uma série de benefícios para a saúde, para si e para a sua família.