Tudo o que precisa de saber sobre dietas e produtos sem glúten

Tudo o que precisa de saber sobre dietas e produtos sem glúten
As dietas alimentares sem glúten são importantes para quem tem uma doença celíaca ou sensibilidade ao glúten diagnosticada por um profissional de saúde. No entanto, para quem não tem sensibilidade ao glúten, o consumo de alimentos com glúten (nomeadamente cereais integrais) pode fornecer vários nutrientes importantes e fibra. É possível ter uma alimentação equilibrada e saudável com ou sem alimentos com glúten.

O que é o glúten?

O glúten é uma proteína encontrada nos cereais como o trigo, a cevada, o centeio e, algumas vezes, a aveia se for processada na mesma fábrica que outros cereais com glúten. Estes cereais costumam ser encontrados em alimentos como:

  • Pão
  • Massas
  • Cereais de pequeno-almoço
  • Bolachas, bolos e pastelaria
  • Salsichas
  • Alguns molhos (incluindo o molho de soja), sopas e refeições prontas

O que é a doença celíaca?

A doença celíaca, que afeta cerca de 1 em 100 pessoas na Europa, é uma sensibilidade grave ao glúten em que o sistema imunitário ataca os tecidos do próprio organismo depois do consumo. Esta resposta pode danificar o revestimento dos intestinos, o que significa que o organismo não consegue absorver outros nutrientes de forma eficaz.

Isto pode conduzir a deficiências de nutrientes e pode potencialmente afetar o crescimento e desenvolvimento das crianças se não for tratada. Muitas pessoas também têm sintomas de desconforto nos intestinos. Outras sentem fadiga, comichão e perdem peso involuntariamente.

Por vezes, até uma pequena quantidade de glúten pode provocar estes sintomas. É por isso que as pessoas com doença celíaca devem, por exemplo, evitar a partilha de manteigas ou outros cremes para barrar que sejam utilizados por familiares ou amigos que comem pão com glúten e assim evitar uma possível contaminação cruzada. Por isso, é muito importante que as pessoas com doença celíaca se aconselhem junto de um profissional de saúde e sigam uma dieta alimentar sem glúten.

Qual é a diferença entre uma alergia, uma intolerância e a doença celíaca?

Alergias

Uma alergia implica uma resposta imunitária e os sintomas podem surgir fora do sistema digestivo – no entanto, uma alergia não costuma danificar o revestimento dos intestinos como a doença celíaca. Isto acontece porque, ao contrário da alergia alimentar, a doença celíaca é autoimune. A alergia ao trigo é frequentemente chamada de alergia ao glúten, mas também pode implicar uma reação a outros componentes do trigo e não apenas ao glúten. Isto significa que alguns produtos sem glúten podem potencialmente prejudicar pessoas com alergia ao trigo.

Intolerâncias

Uma intolerância pode provocar sintomas digestivos semelhantes à doença celíaca, incluindo dor de estômago, inchaço, diarreia e prisão de ventre, mas uma intolerância não implica uma resposta imunitária e não causa danos no revestimento dos intestinos.

Doença celíaca

A doença celíaca é diferente de uma alergia ou intolerância. Pode ser diagnosticada através de testes específicos em instalações médicas. No entanto, uma intolerância ao glúten é menos fácil de diagnosticar pois não existem testes de diagnóstico precisos. Excluir certos alimentos durante um período com a ajuda de um profissional de saúde pode ser útil para compreender a intolerância.

Também convém ter cuidado com os testes comerciais de intolerâncias e alergias vendidos por pessoas que não são profissionais de saúde, uma vez que não estão cientificamente comprovados e podem mostrar resultados enganadores.

Como posso saber se um produto não tem glúten?

Todos os produtos pré-embalados têm de ter um rótulo com uma lista de todos os ingredientes deliberadamente usados por quantidade. Como os ingredientes com glúten estão classificados como alergénios, devem estar realçados na lista de alguma forma (por exemplo, EM MAIÚSCULAS ou a negrito). Isto significa que a lista de ingredientes do produto vai indicar o cereal com glúten usado especificamente, mas não vai mencionar necessariamente que contém glúten. Por isso, tenha cuidado com cereais como:

  • Trigo
  • Cevada
  • Centeio
  • Aveia
  • Espelta

Se um produto for vendido como não tendo glúten, significa que foi testado e vai ter um rótulo a dizer que não tem glúten.

Alguns produtos não têm glúten naturalmente presente, como o arroz, as batatas ou o milho. No entanto, podem não ter essa indicação no rótulo, pelo que é preferível ler a lista de ingredientes ou a secção de aviso de alergias na embalagem, caso o produto tenha vestígios de glúten ou ingredientes com glúten.

Como produzimos as nossas alternativas Iglo "sem glúten"?

Temos vários produtos sem glúten, incluindo os nossos hambúrgueres, filetes e douradinhos.

Para confecionar os nossos produtos sem glúten, usamos ingredientes sem glúten como o arroz ou a farinha de grão-de-bico, em vez da farinha de trigo. Os nossos produtos com rótulo "sem glúten" passam por testes rigorosos para garantir que cumprem a definição e os limites estabelecidos pela Comissão Europeia para produtos sem glúten e, assim, poderem ser rotulados como tal.

As nossas gamas de vegetais e peixe congelados não têm glúten naturalmente presente e, por isso, são boas opções para uma dieta alimentar sem glúten. No entanto, como não testamos a presença de glúten nestes produtos, não podemos colocar o rótulo "sem glúten".